20 de setembro de 2016

Chá entre mulheres




No ultimo dia 07 de setembro o grupo Universal nos Presídios realizou em Mogi das Cruzes o “III CHÁ ENTRE MULHERES”, um encontro com os familiares dos detentos.

O evento contou com a presença do bispo Afonso Silva, que na ocasião  orientou aos familiares sobre como agir a fé e a praticar o perdão, explicou também que o ódio e a magoa são os sentimentos que destroem uma família, alertando a todos sobre a importância de buscar a Deus pelos seus entes queridos.
 Com a colaboração do pastor Marcos Datri e dos obreiros que auxiliavam no evento, o bispo fez um clamor especial por todos os  familiares que estão privados de sua liberdade.
Sem duvida alguma foi uma tarde mais que especial para todos, inclusive  para as crianças, que  também puderam aproveitar. 
 Durante o evento tivemos sorteios, buffet de salgados, canjica, bolo... e uma apresentação de dança realizada pelas obreiras de Mogi das Cruzes.
Através desses encontros, o grupo Universal nos Presídios procura dar um melhor acompanhamento a todos, não somente na fila no dia da visita, mas se fazendo presente em todos os momentos importantes.



Esta é a Universal que poucos conhecem, cujo prazer é pregar a todos a palavra do Senhor Jesus.

 
“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” 

João 8:32
  

Colaborou Mídia UNP SP 


14 de setembro de 2016

A Oração que Move a Mão de Deus



 E quando todos os seus esforços fracassam e você se depara com seu filho, ou ente querido numa cadeia? O que fazer? Quem pode mudar essa situação?
 Esses são uns dos muitos questionamentos que invadem a mente de mães, pais e todos aqueles que nos dias de visita aguardam um momento para rever seus parentes. 

A fim de trazer esperança e consolo é que a Universal nos Presídios (UNP) do estado do Espírito Santo se faz presente todos os sábados, no Complexo Penitenciário do Xurí, a 29 km da capital Vitória. Desta vez, do lado de fora contando com a presença de 25 voluntários, para atender as famílias dos detentos.

Segundo a voluntária Rosane da Silva Conhamaques o que chama a atenção é o semblante triste das mães, pais e filhos que tem seu familiar dentro da prisão, mas que apesar disso buscam forças para continuarem a lutar por eles.
Nenhum pai ou mãe pode decidir os caminhos dos filhos, nem os filhos os dos pais, a única saída é recorrer ao Deus do impossível.
“Para isso é preciso crer que o Deus que fez inúmeros milagres no passado fará o mesmo hoje. Depende da fé da pessoa e não de Deus, pois Ele já fez a sua parte”, diz a voluntária Magda Maria Cassimiro.

Os voluntários ouvem histórias tristes e comoventes, mas sabem que quem vai convencer àquelas pessoas não são eles, e sim quem fala, e age através deles, o próprio senhor Jesus!
O voluntário Getúlio Domingos Benedicto diz que “a oração traz resultados a partir do momento que é despertada a fé genuína no interior da pessoa, essa é a oração que agrada a Deus, pois foi assim que eu fui transformado e é por isso que tenho a certeza que funciona. ”
As mãos erguidas, os olhos fechados e as palavras saindo com força, convicção e fé levam todos a se unirem para que a mão de Deus, através da oração, transforme a vida de todos aqueles que creem.
O líder do trabalho da Universal nos Presídios no estado do Espírito Santo, pastor José R. de Oliveira, ressalta que “a oração que move a mão de Deus, e será capaz de transformar a vida de qualquer pessoa, não é aquela onde as palavras saem decoradas, ou escolhidas, mas aquela feita com sinceridade, pura, honesta, sem medo, de todo o coração. E com certeza a resposta virá para qualquer pessoa que clamar. ”

E se você quer chamar a atenção de Deus, faça algo diferente! 
Procure a Universal mais próxima da sua casa hoje mesmo. A Universal conta com 7 reuniões distribuídas durante todo o dia. 


Colaborou - Mídia UNP - ES